Espelho e Passarela : Papo: Pra que comer um hambúrguer e querer salvar a refeição com light e diet? >

Papo: Pra que comer um hambúrguer e querer salvar a refeição com light e diet?

Ei, meninas e meninos!

Tudo bem? Fim de semana foi bom? Espero que sim. O meu foi relativamente bom. Estudei horrores para uma prova que vou ter hoje na faculdade. Tive a oportunidade de esbarrar em meus próprios pensamentos também e gostaria de compartilhar isso com vocês.

Sábado comprar algumas coisinhas aqui para casa e encontrei uma conhecida no supermercado. Ela estava um tanto quanto nervosa - e esbravejando isso para todos, porque não conseguia encontrar uma fruta orgânica lá. Fui cumprimentá-la e ela se mostrou pasma em como um supermercado daquele tamanho não tinha variedade de frutas orgânicas. O vendedor explicou que essas frutas só chegam na terça-feira, mas acredito que a menina ficou ainda mais revoltada com isso. OK. Segui meu caminho e ela o dela.

O meu caminho leia-se fui atrás da maça-verde perdida. AMO maça-verde!
Mas, daí, paguei a minha compra e fui até a praça de alimentação - o supermercado fica dentro de um shopping, e estava na ânsia de comprar um pastelzinho de queijo quando, de repente, ví a dignissima colega que vi surtando no supermercado. Se fosse só isso, seria OK, mas não. A fia estava com um McTriplocheidequeijoecarnebemgrandãoburger na mão e comendo com uma cara muito boa, diga-se de passagem.
Sabe o que eu entendi disso? Nada. Os agrotóxicos que ela estava evitando com as frutas orgânicas estavam indo em dobro para ela a partir do McVeneno.

Eu sou totalmente contra a pessoa (que não tem problemas com refrigerantes) ir à uma lanchonete e pedir hambúrguer com refrigerante light. Isso, para mim, tem tanto sentido quanto beber suco light com uma barra de chocolate do lado.
Não estou fazendo um discurso a favor da dieta eterna, longe disso! Estou falando que de nada adianta comer algo extremamente 'gordo' com uma coisinha light do lado para salvar, porque não salva.

Acho, mesmo, que a pessoa tem que ir comer o hambúrguer dela, tranquilão no batidão - desde que não seja McDonald's e que ela esteja em paz com a consciência para fazer isso. De nada adianta ir comer as coisas gostosas da vida e depois ficar se martirizando por conta disso. Coma feliz!

Eu sou um pouco chatinha com comida, já falei aqui inclusive. Não como carne, por opção minha, e mesmo quando comia tinha horror à fast-food. Ainda tenho. Também não gosto de refrigerante. É questão de não gostar mesmo, não tem nada a ver com querer ficar magra, até porque esse é um mal que eu não sofro. Eu tendo loucamente e com fé passar dos 50kg, mas não rola. Quando eu estou quaaaase lá, nos 49kg, acontece alguma coisa e volta tudo de novo. 47kg é a minha média, quando muito fica no 48kg. Não sou complexada com isso. 

Então, se você não tem problemas com alimentação, nenhuma restrição, por favor, pare de querer salvar com alguma coisa light na refeição, porque isso não existe. Sinta-se bem durante suas refeições. Bom, se você se sente bem tentando salvar algo com produtos light, OK, quem sou eu para dizer o contrário. Mas se você tem horror à refrigerante light e diet e só toma para manter a forma: Corra disso. Corra do refrigerante também, isso faz um mal terrível.
Gosto das coisas naturais, mas não por complexo de peso, mas por acreditar que isso fará com que meu organismo fique sadio e recomendo isso à vocês.

Então, fica o desabafo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante! Comente!

class='title'>Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover