Espelho e Passarela : 4 livros para ler no primeiro semestre de 2015 >

4 livros para ler no primeiro semestre de 2015

Ei, povo lindo!

Povo lindo e gordo, né?! Natal passou e deixou lembranças na balança. Teve uma pessoa (!) aqui em casa que presenteou com uma balança inclusive. Quanta imoralidadeeeee!

Bom, hoje é dia de post-meta. Separei 4 livros para ler no primeiro semestre de 2015. Na verdade, é mais uma sugestão para vocês que estão procurando algo legal pra ler.

Vai na fé, fia! 


Divergente é um dos 3 livros da trilogia criada por Verônica Roth. Trata-se de uma Chicago futurista, onde houve uma terrível guerra que dizimou a população e espalhou discórdia. Separaram quem sobrou em 5 grupos e cada um pertence a um grupo. Quem não pertence a nenhum é visto como uma aberração.

Bom, a coisa toda acontece quando Beatrice, aos 16 anos, resolve ir para um grupo diferente do de sua família. OK, ela não simplesmente resolve. Acontecem coisas que a fazem ir para o tal grupo. Bom, posso dizer que é uma mistura de Harry Potter com Jogos Vorazes. 

Tudo aquilo que é incontrolável, chama atenção e dá aquele medinho. É basicamente isso.





Gabriel Garcia Márquez é, de longe, um dos meus autores favoritos. O cara coloca genialidade em letrinhas. Então, só daí já vale a pena ler.
Olhos de Cão Azul é uma coletânea de contos que ele escreveu que, muitos dizem, ser o pontapé de toda a criatividade dele. O tema geral é a morte. Issssssso! A Morte. Vai acontecer com todos nós, meus amados! Vamos desmitificar essa coisa toda, please!

Assim como o medo da morte, o Gabriel deixa evidente vários de nossos medos e inseguranças. 

É uma leitura extremamente recomendada.






Sabe o livro 'tapa na cara'? É esse. O Kafta não dá um tapinha só... ele dá um murro no meio do nosso nariz nesse livro. Fala sobre como somos animais vegetativos e ironicamente acomodados. :)

Não é bem assim, mas não tem muito rodeio também. Vivemos como animais, como insetos e o autor mostra isso bem claramente. 
É leitura para quem não liga de ouvir a verdade.

Tente não queimá-lo depois.







Para quem gosta de biografias, fica a dica! Marighella foi um militante vigiado pela CIA e KGB. Extremamente bem humorado e galanteador.

Vejo esse livro não como uma biografia, mas como um relato histórico e político. A militância é uma coisa bem política mesmo, então temos mais é que bater palmas pro Mário Magalhães que nos apresentou essa obra.

Ainda não li, mas tô louca pra ler!







Alguém já leu algum desses?

Hugs!




2 comentários:

  1. não gostei de divergente
    é muito cópia dos jogos vorazes e, mesmo assim, nem dos jogos vorazes eu gostei.

    vc tem um gosto ótimo pra livros. Gabriel é perfeito

    beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Eloisa!

      Bom, não aguento a curiosidade e vou ter que ler tudo kkk


      Beijo

      Excluir

Sua opinião é muito importante! Comente!

class='title'>Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover