Espelho e Passarela : Nutrição: Diferenças entre light x diet >

Nutrição: Diferenças entre light x diet

Nutricionismo com a Julia!
Julia Soares, Belo Horizonte, Graduanda em Nutrição.

Olá, queridas leitoras! Como estão vocês? Espero que bem.
Hoje vamos falar de um assunto que confunde muitas pessoas, até mesmo os profissionais da área da saúde. Infelizmente o post é um pouco longo, mas é porque esse é um assunto muito importante e deve ser bem explicado.

Vocês conhecem produtos diet e light, certo? Mas vocês sabem qual a diferença entre eles?
Muitas pessoas não conhecem realmente o que são esses tipos de produtos. Na verdade, pouquíssimas pessoas sabem o que essas palavrinhas significam. Essa falta de informação é principalmente culpa da indústria, porque ela não se importa com o que você está comendo, nem como e muito menos como anda sua saúde, o que ela quer é vender.
Então vamos desvendar esse mistério!

Produtos diet são alimentos, em sua maior parte, destinados a pessoas com restrições alimentares e nos quais foram retirados por completo um ou mais ingredientes. Já nos produtos light retira-se, no mínimo, 25% de um ou mais ingredientes. Resumindo, alimento diet é aquele que não possui algum ingrediente e o light ainda possui, por mais que seja uma pequena quantidade.
Mas atenção existem alguns pontos que precisam ser levados em conta e que costumam enganar muita gente:
  • Ambos os tipos de alimentos podem ter modificação da quantidade de açúcar, sódio ou gordura. Por isso, é muito importante ler o rótulo atentamente para saber qual componente foi reduzido.
  • Quando se retira parte da fórmula de um produto ele é modificado e para manter suas características é preciso acrescentar outro composto ou aumentar a concentração de outro já presente. Logo, muito cuidado ao consumir esses produtos porque eles podem ter alguns ingredientes perigosos em elevadas concentrações. Como é o caso dos refrigerantes zero que não possuem açúcar, mas são ricos e sódio.
  • Em muitos alimentos diet o composto retirado é o adicionado ou o artificial, mas o natural do alimento não tem como ser retirado completamente (pelo menos não sem acabar com o sabor ou qualidade do produto). Por exemplo, nos sucos diet o açúcar retirado é o adicionado à bebida (muitos vem com a descrição na embalagem: “Sem açúcar adicionado”), mas o açúcar frutose que é próprio da fruta ainda está na bebida, logo, diabéticos devem tomar muito cuidado ao consumirem esses produtos.
  • A ideia de que esses alimentos são mais saudáveis e ajudam a emagrecer é puro mito! Uma alimentação equilibrada e uma vida ativa são suas verdadeiras armas para uma vida saudável e bela.
  • Como mencionado anteriormente, esses produtos foram desenvolvidos para atender uma população com restrições alimentares. Assim, se você é uma pessoa saudável, não há necessidade de consumir esses produtos, basta ter uma alimentação sem excessos.


Ufa! Acabamos, espero que tenha esclarecido tudo. E vale lembrar que, embora tenham teor reduzido de ingredientes vistos como vilões, esses alimentos são industrializados e que produtos naturais e caseiros são sempre mais saudáveis!


Um beijo a todas e rumo a uma alimentação equilibrada! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante! Comente!

class='title'>Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover