Espelho e Passarela : Sobre a Capa da Elle Brasil >

Sobre a Capa da Elle Brasil

A capa da Elle Brasil do mês de maio surpreendeu todo mundo. É uma edição especial de 27 anos da revista e foi super inovadora! A capa tem uma camada espelhada e reflete quem lê... simples assim. A hashtag #VocêNaCapa foi sensacional! 
Tô atrasada, eu sei, mas é sobre isso que eu quero falar hoje.
Amadas, nós, mulheres, somos - na maioria das vezes, totalmente visuais. É raro o dia que eu não me olho no espelho várias vezes, uso maquiagem para esconder o que precisa ser escondido, cuido da minha pele com todo carinho do mundo e me alimento bem focando nesse conjunto. Futilidade? Alguns dizem isso, mas eu não acredito. A mulher se cuida para ela mesma. É uma dose de felicidade comprada que faz um efeito enorme! Faz bem, eu fico feliz com isso, confiante, portanto não pode ser fútil.

Olhamos para aquelas mulheres lindas nas capas das revistas nas bancas e é impossível não notar várias coisinhas e tentar copiar depois. Copiar para ficar melhor, não por querer ser a tal modelo (Se bem que eu não recusaria ser um dia a Kylie Jenner :p). Esse cuidado consigo mesma é o remédio diário da mulher, sim! E não quer dizer futilidade e nem escravidão da beleza. A beleza é múltipla e possui vários pontos de vista, basta você escolher o que melhor agrada você. 
Lembro que uma vez, em um evento que participei, o designer de calçados Jorge Bischoff (Ele é do babado total! Incrivelmente inspirador!) disse uma coisa que me marcou muito: A mulher quando está em uma loja experimentando um calçado novo e se olha no espelho, é intrigante: Ela não olha para os pés apenas. Ela se olha toda. Incrível, né?! 
Vejo muitas meninas com vergonha desse lance de vaidade. Vergonha de parecerem fúteis ou malucas e não serem aceitas por terceiros em várias hipóteses e você, que se identificou nesse trecho, PARA! Você quer? Faça! Tá querendo usar aquela saia X só porque está na moda? Use! Quer inventar a sua moda? Invente! Tá afim de usar sombra roxa e batom vermelho? Meu bem, se você fizer isso feliz, vai ficar muito mais bonita que muita olho tudo X boca nada da praça!
Ah, Marina, mas porque você começou a falar da capa da Elle e deu esse samba todo? Simples: É justamente isso que eu vi quando olhei pra capa da revista. A Elle é a Elle porque você se permitiu ser você. Porque alguém inovou, porque alguém seguiu a tendência atual, porque alguém acreditou. Esse alguém é você. Sou eu. É a sua vizinha e a prima dela. 

Não se culpe por babar no contorno da Kim ou por querer muito o cabelo da Marina Ruy Barbosa! Você, ao admirar as lindonas da capa - bem lá no fundo, não quer ser uma cópia, quer ser você, numa versão melhorada! 

Parabéns a mente brilhante do editorial da Elle Brasil que teve essa ideia. É fantástico isso! Souberam passar o recado sem muito blá blá blá (Diferente de mim! hahah olha o tamanho desse post). Adoro coisas criativas que fazem as pessoas se sentirem melhores.

Hugs!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante! Comente!

class='title'>Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover